A tendência das cidades caminháveis

Os benefícios do chamado “transporte a pé” são inúmeros. Eles envolvem a saúde de quem anda regularmente, a sustentabilidade e a saúde econômica das cidades. Além de emagrecer e trabalhar os músculos, a caminhada favorece o coração, controla o colesterol e a diabetes, e reduz a ansiedade, entre outros ganhos. Mas nesse período em que economistas e gestores refletem sobre como estará o mercado pós-pandemia, e sabemos que não será muito fácil, é importante saber que as suas escolhas de locomoção podem impactar também no meio ambiente e na economia. Confira as vantagens: Um estudo recente feito pela organização Victoria Walks, em Melbourne, na Austrália, revelou que para cada dólar investido

Qual é a sua pegada ecológica?

"Ao celebrar o Dia Mundial da Terra hoje, somos chamados a redescobrir o sentido do respeito sagrado pela Terra, porque não é apenas a nossa casa, mas também a casa de Deus", disse o Papa Francisco hoje. No dia 22 de abril, dia do Descobrimento do Brasil, também celebramos o Dia Mundial da Terra. "Uma oportunidade para renovar o nosso compromisso de amar a nossa Casa comum e cuidar dela e dos membros mais frágeis de nossa família. Como a trágica pandemia de coronavírus está nos mostrando, somente juntos e ajudando os mais frágeis podemos vencer os desafios globais”, declarou hoje o Pontífice. Nosso planeta Terra, que completa mais um ano hoje, dentro da casa dos 4,5 bilhões, vai continuar ex

O transporte coletivo e a Covid-19

Ônibus no Rio de Janeiro, em foto de Carlos Monteiro Com o confinamento e a paralisação das atividades econômicas e de educação, por causa da Covid-19, o sistema de transporte coletivo está sendo obrigado a se reinventar. Somente a ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos) sofreu nos últimos trinta dias um déficit de R$ 933 milhões, segundo balanço divulgado na terça-feira, 14 de abril. “Os operadores metroferroviários vêm buscando, de todas as formas, manter os seus atuais níveis de operação. Mas com a imensa queda na demanda, algumas empresas já sentem uma enorme dificuldade para cumprir suas obrigações, estando próximas da necessidade de paralisação

Home office melhora a mobilidade

A pandemia causada pelo coronavírus e a necessária quarentena geraram situações atípicas na mobilidade urbana. Os congestionamentos sumiram. As cidades estão mais quietas e calmas e os níveis de poluição caíram drasticamente: na capital paulista, a redução foi de 50% em apenas uma semana, segundo pesquisa da Cetesb, que comparou os períodos entre os dias 15 e 21 de março (antes da quarentena) e o de 22 a 28 de março. Empresas aderiram em massa ao home office, uma prática já usada há tempos em países europeus e nos Estados Unidos. Nesse sistema, o funcionário pode ter algumas reuniões presenciais no escritório ou em outro local, mas trabalha a maior parte do tempo em casa. O importante é a en

SPTrans reforçará 210 linhas de ônibus em São Paulo

A partir do dia 6 (segunda), a cidade de São Paulo terá 401 veículos extras para atender aos passageiros da capital. A SPTrans estará colocando essas quatro centenas de ônibus para totalizar um reforço de 795 coletivos à frota em operação para atender a população que precisa continuar se deslocando durante a quarentena. Com o novo acréscimo, a frota nas ruas chegará a 47,28% de um dia útil, enquanto o número de passageiros está em 27%. Os ônibus adicionais serão distribuídos estrategicamente em 210 linhas de todas as regiões da cidade, como terminais e estações de trem e metrô, que foram definidos após uma criteriosa análise de demanda realizada pelos técnicos de campo da SPTrans, verificand

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook - Black Circle

Facebook

Quer bater um papo e descobrir como participar?

Instagram

2020© PRO COLETIVO