2017© PRO COLETIVO

Please reload

Posts Recentes

Por que é chique andar de metrô lá fora e aqui não?

October 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Conheça um bloco de Carnaval no qual você pedala para pular

17/2/2017

O Bloco do Pedal tem uma tecnologia inédita, focada na mobilidade ativa e na sustentabilidade: “Serão as pedaladas dos foliões que vão gerar a energia necessária para as marchinhas carnavalescas. Para pular, precisa pedalar”, afirma Armelin, sócio da empresa Pedal Sustentável, que há mais de dez anos estuda a aplicação de tecnologias alternativas no uso de bicicletas.

 

Desenvolvido pela produtora e cantora Filó Silva e pelo engenheiro eletricista José Carlos Armelin, o Bloco participa pela segunda vez do Carnaval paulistano.

 

Irá desfilar amanhã, das 16h às 19h30, na rua Vergueiro, na altura da Praça Professor Noé de Azevedo, ao lado da estação de metrô Vila Mariana.

 

São seis bicicletas instaladas em uma plataforma móvel. Duas delas foram adaptadas especialmente para o Carnaval – uma será destinada exclusivamente para cadeirantes, que poderão pedalar com o uso das mãos; a outra, em tamanho menor, será voltada para crianças, que assim poderão se divertir ao lado dos pais.

 

Os foliões serão convidados a subir na plataforma para pedalar e assim gerar a eletricidade necessária para as caixas acústicas e o sistema de luz. O sistema desenvolvido pela empresa Pedal Sustentável não prevê o uso ou armazenamento de energia em baterias ou tomadas elétricas. Ou seja, para que as pessoas se divirtam, é necessário que haja foliões pedalando na plataforma. “É um sistema de energia limpa que evita a acumulação de resíduos poluentes, como pilhas e baterias”, explica o engenheiro Armelin. O repertório será eclético, incluindo desde as tradicionais marchinhas dos salões até os mais recentes hits carnavalescos.

 

BLOCO DO PEDAL

Dia 18 de fevereiro (sábado), das 16h às 19h30. Concentração na Rua Vergueiro, na Vila Mariana, na altura da Praça Professor Noé de Azevedo, ao lado da estação Vila Mariana do Metrô. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo