A incrível turma da Corrida Amiga

27/5/2017

 

Hoje teve o Foca - Formação Corrida Amiga, um encontro muito bacana com o pessoal dessa ONG tão especial (www.corridaamiga.org). Eles estimulam o transporte a pé, que é algo ancestral e importantíssimo para a nossa vida, como um todo. 

 

O encontro foi no metrô Paulista, e de lá o grupo saiu caminhando até a sede da Corrida Amiga, que fica pertinho do Metrô Sumaré. Lá, depois de um delicioso café da manhã, houve uma troca de experiências sobre as delícias e as dificuldades de andar em São Paulo e o que é possível fazer para que o transporte a pé se naturalize, como um hábito, um estilo de vida - e não seja algo esporádico.

 

Uma conversa rica, esclarecedora e que nos trouxe a certeza de que, caminhando e procurando formas alternativas de transporte, ou mesmo a multimodalidade, estamos no caminho certo.

 

Depois disso, ainda fomos a uma praça perto, linda, e fizemos uma aula com a profa. de educação física Nathália, que faz parte do time da Corrida Amiga e conduziu uma sessão de aquecimento muscular para quem vai caminhar ou correr. Bárbaro!

 

Ficam aqui dez observações e dicas desse bate-papo com o time do Corrida Amiga e com o grupo animado que estava participando dessa experiência:

 

1. Para ir ao trabalho caminhando ou correndo, leve uma mochila com uma camiseta extra, alguns itens de higiene (lenço umedecido, desodorante), e, se for à noite, uma lanterna, além dos seus pertences básicos.

 

2. Antes de se perguntar "por que ir a pé?", pergunte-se "por que ir de carro?", e veja quantas vantagens a caminhada irá trazer. Ir de carro significa entrar no trânsito, pagar estacionamento, perder a noção do tempo que irá chegar, se estressar e se manter sedentário, entre outros problemas. Ir a pé significa saber em quanto tempo você irá chegar, apreciar a cidade e descobrir coisas novas, fazer exercício naturalmente, economizar e se energizar, entre outros benefícios.

 

3. Ir a pé ao trabalho ou a qualquer outro compromisso significa se locomover com foco na distância e não no foco do tempo. Com o uso excessivo do carro, perdeu-se a percepção da distância de cada deslocamento. Portanto, outra vantagem de andar a pé é que você vai chegar no horário em que planejou.

 

4. Quem anda e corre para o trabalho rotineiramente não precisa chegar em casa e ir à academia. Aí já está incluso o exercício, o pacote completo.

 

5. O bolso agradece: o transporte a pé é movido a arroz e feijão e outras gostosuras. Não entram gasolina, valet, estacionamento...

 

6. Você tem uma grande sensação de liberdade. 

 

7. O transporte a pé se casa bem com outros modais, como bicicleta, ônibus, metrô, trem e táxi. Dá para planejar as saídas com esse propósito, fazendo um mix de modais, e isso minimiza o tempo do deslocamento, além de ser superdinâmico. Enxergar a sua saída desta forma traz um novo jeito de curtir e ocupar a cidade.

 

8. Quando você caminha, você inspira outras pessoas. Vira referência. Dentro do seu ambiente familiar e de amigos e também na rua, como uma pessoa plena e feliz em seu exercício de pedestre e cidadão.

 

9. Andando, descobrimos belezas antes ocultas na cidade, lugares novos, grafites, árvores, prédios e detalhes da arquitetura que antes passavam despercebidos, além de pessoas! Sim, há mais empatia e troca positiva no ser caminhante do que naquele que fica distante e recluso em seu carro.

 

10. Podemos nos animar tanto com isso e virar voluntários da Corrida Amiga, ajudando outras pessoas a gostar de caminhar e correr. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Paraísos à vista

September 24, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

September 24, 2020

September 22, 2020

September 19, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Categorias
Please reload

Facebook

Quer bater um papo e descobrir como participar?

Instagram

2017© PRO COLETIVO