A violência velada contra o idoso

16/6/2017

 

Com o objetivo de refletir sobre o envelhecimento e a longevidade, o Sesc iniciou ontem, dia 15, a Campanha de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, que acontece até o dia 22 de junho em todas as unidades do Sesc São Paulo, com uma programação cultural intensa, repleta de filmes, peças de teatro, workshops e palestras.

 

A campanha teve a sua abertura no dia 13 de junho, no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, e contou com a presença do psicanalista italiano, radicado no Brasil, Contardo Calligaris, como palestrante convidado.

 

Contardo falou sobre as Violências Veladas, tema que traz situações pelas quais os idosos passam e que, muitas vezes, não são percebidas como violência por eles e/ou por seus praticantes, tais como abuso econômico e financeiro, abuso psicológico, abandono e negligência, violência intrafamiliar, entre outras.

 

"O idoso é desconsiderado em seus desejos e quereres. Um deles é a sexualidade. A maioria das pessoas no Brasil é tolerante com os filhos adolescentes, deixando-os que durmam em casa com suas namoradas e namorados, mas não admite que seus pais ou sogros idosos, caso compartilhem a mesma residência, façam o mesmo", diz Contardo Calligaris em entrevista para a revista 29HORAS. "Mas o idoso tem desejos, como qualquer pessoa. A exemplo do feminismo e do movimento LGBT, eu apoiaria um movimento em favor dos idosos, para quebrar vários preconceitos e paradigmas". 

 

Calligaris lembrou ainda que as violências veladas não são fáceis de serem identificadas - como a psicológica, que envolve agressões verbais, desprezo, restrição de liberdade - e que causam vários problemas psíquicos nos idosos.

 

De acordo com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, no Brasil as maiores incidências de violência ao idoso são a física e a psicológica, e elas acontecem mais no ambiente familiar, com filhos e parentes.

 

Além de filmes, espetáculos, leituras dramáticas, workshops, bate-papos, palestras e jogos nesse período, acontecerá em seguida, entre os dias 23 e 30 de junho, a "Semana de Prevenção de Quedas em Pessoas Idosas: Um passo de cada vez, não caia em armadilhas”.

 

Em um dos teasers da campanha, o Sesc nos lembra a importância de cuidar dos idosos: "Se tudo der certo, todos nós todos chegaremos à velhice."

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Carta a Caê

August 7, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 7, 2020

August 6, 2020