2017© PRO COLETIVO

Please reload

Posts Recentes

Por que é chique andar de metrô lá fora e aqui não?

October 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Desvendando a bicicleta

3/1/2019

Bruno Uehara em sua oficina, em foto de Renan Bossi 

 

 

 

Bruno Uehara, arquiteto e urbanista formado pela Universidade de São Paulo, sempre teve interesse no funcionamento das coisas – e essa curiosidade também apareceu quando ele começou a andar de bicicleta. “Eu soltava e apertava parafusos da magrela só para ver o que acontecia. Mas o que me intrigava mesmo era o mau funcionamento: sabe quando a bicicleta começa a fazer um barulho estranho ou algo deixa de funcionar? Não tem nada mais irritante que um freio gritando ou uma marcha pulando. Então comecei a pesquisar como consertar bikes por conta própria e, com o tempo, o que começou como um hobby se tornou algo mais sério”, ele conta.

 

O resultado, depois de muito estudo e pesquisa – que incluiu uma imersão em Colorado, nos Estados Unidos, com o lendário Koichi Yamaguchi, um dos mais importantes construtores de bicicletas –, foi que ele se tornou um especialista no assunto. Trouxe para o Brasil a bike feita por ele e decidiu criar um manual gratuito, que explica de forma fácil sobre a mecânica e as peças da magrela. “Meu objetivo foi ajudar as pessoas a compreender melhor a mecânica, pois assim elas ganham autoconfiança e independência. Não tem nada mais prazeroso do que se deslocar de bicicleta e sentir que as distâncias ficam cada vez menores”, diz Bruno. 

 

No manual, cujo conteúdo está disponível para download gratuito no link ueharacc.lpages.co/anatomia-da-bicicleta, Bruno detalha todos os componentes de uma bicicleta, ressaltando que ela é sinônimo de simplicidade: “A estrutura é aparente e os mecanismos são expostos. Você nota que o quadro e o garfo formam a principal estrutura. Neles são montadas as demais peças, como freios e rodas”, observa o especialista.

 

Com desenhos, gráficos e belas fotos de Renan Bossi, Bruno explica no manual sobre as peças, os tipos de materiais e as características que tornam a bicicleta especial para cada função: transporte ou trabalho, recreação, treino, competições etc.

Um exímio “framebuilder”, que é o artesão de bicicletas, Bruno ama compartilhar seu conhecimento sobre bikes. Como ele explica, isso irá encorajar as pessoas a pedalar com mais frequência, a ir mais longe. “Foi assim que aconteceu comigo: minha confiança para pedalar aumentou na medida em que fui adquirindo conhecimento, até ganhar autonomia mecânica”. É isso aí! Ótimo pedal e feliz 2019!

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo