2017© PRO COLETIVO

Please reload

Posts Recentes

Por que é chique andar de metrô lá fora e aqui não?

October 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Patinetes elétricos da Yellow chegam na Avenida Paulista

19/2/2019

A Yellow, empresa brasileira de soluções de mobilidade urbana individual, passa a oferecer o serviço de compartilhamento de patinetes elétricos na Avenida Paulista, em São Paulo - primeira cidade a receber o serviço da empresa no Brasil.

 

Com a novidade a Yellow amplia em 6km² a sua área de atuação de patinetes (na foto acima, em imagem da revista Época Negócios) na capital paulista. “Agora o total é de 21km², espaço um pouco menor que o válido para as bikes, mas a nossa expansão não vai parar por aí. Em breve teremos outras novidades”, disse um dos fundadores da Yellow, Ariel Lambrecht.

 

Operação

Para ligar o patinete a pessoa paga R$ 3 + R$ 0,50 a cada minuto de uso, com cartão de crédito ou dinheiro. Os créditos para uso dos patinetes poderão ser comprados em dinheiro em bancas de jornal e lojas, entre outros estabelecimentos parceiros espalhados pela cidade, como lanchonetes, que vão receber o valor em espécie e transferir, na hora, o montante para o app do usuário, como já acontece com as recargas de celular.

 

Em São Paulo, os patinetes estão disponíveis todos os dias da semana das 6 às 21 horas em um dos 40 pontos privados parceiros. O usuário pode encerrar a corrida em um desses pontos ou em qualquer local da área de atuação, contanto que tome cuidado para não atrapalhar o fluxo de pedestres. No final do dia a Yellow recolhe os patinetes para recarga, manutenção e limpeza. E, na manhã seguinte, os disponibiliza novamente para uso nos pontos privados.

 

Regulamentação e segurança

A regulamentação para compartilhamento de patinetes elétricos no modelo dockless (sem estações para retirada e devolução) em São Paulo está em desenvolvimento pela Prefeitura de São Paulo. “A Yellow vê com bons olhos o edital de chamamento público aberto no último dia 02 de fevereiro pela Prefeitura e enviará a sua proposta”, completa Lambrecht.

 

Preocupada com a segurança de seus usuários, a Yellow atende todos os requisitos previstos por lei. Seus patinetes possuem buzina, farol noturno, luz indicadora de freio, indicador de velocidade e bateria, freio motor e mecânico. É a única empresa brasileira que tem certificação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a trava inteligente, um importante diferencial visto que o dispositivo opera por meio de bluetooth. “A gente incentiva o uso do capacete e estamos sempre com ações educativas no app e em nossas redes sociais com o objetivo de conscientizar as pessoas para que usem os patinetes de forma responsável”, encerra Lambrecht.

 

Mais sobre os patinetes Yellow

A operação de patinetes elétricos da Yellow começou em São Paulo no dia 6 de agosto. Nessa primeira fase, eles ficaram em uma estação privada, montada no Pátio Malzoni, prédio localizado na Avenida Faria Lima. Em outubro, cerca de 30 novas estações privadas entraram em funcionamento na região da Faria Lima e da Vila Olímpia. Em novembro a área de atuação triplicou e abrange agora trechos dos bairros Brookiln, Chácara Santo Antonio, Pinheiros, Cidade Monções e Vila Madalena.

 

A Yellow, primeira empresa de compartilhamento de bicicletas sem estações do Brasil, iniciou suas operações em São Paulo em 2 de agosto e somou em dezembro de 2018 um milhão de corridas, resultado superior ao de outras cidades no mundo. Enquanto amplia e consolida sua operação no Brasil, a Yellow também inicia sua atuação em outros países  da América Latina.

 

 

Impacto positivo na cidade

Para garantir a melhor experiência do cidadão, preservar o ambiente urbano, apoiar boas práticas do usuário e respeitar toda a sociedade, a Yellow segue sua operação com iniciativas de manutenção, organização do espaço físico e incentivo ao uso responsável. Os ‘Guardiões Yellow’ circularão em São Paulo todos os dias da semana para mapear os patinetes, organizá-los, redistribuí-los estrategicamente e retirá-los para manutenção quando necessário, contribuindo, assim, para a melhor distribuição e posicionamento dos equipamentos pela cidade, além de apoiar os usuários e garantir as boas práticas.

 

Sobre a Yellow

A Yellow é uma empresa brasileira de soluções de mobilidade urbana individual fundada em junho de 2017 por três empreendedores apaixonados pela problemática e que somam a maior expertise em tecnologia, mobilidade urbana e bicicleta do Brasil: Eduardo Musa, Renato Freitas e Ariel Lambrecht. Seu objetivo é revolucionar o transporte por meio da disponibilização de alternativas de transporte, principalmente para as chamadas “primeira e última milha” das viagens urbanas; além de melhorar a circulação de pessoas em centros urbanos, otimizar os deslocamentos e integrar diferentes modais de transporte. A visão da empresa é disponibilizar uma “condução barata e divertida”. A Yellow é a primeira empresa no Brasil de compartilhamento de bicicletas em sistema dockless (redistribuição livre, sem estação para retirada e devolução) liberadas por um aplicativo de celular.

 

Sobre os sócios

Eduardo Musa, CEO e cofundador

Começou a carreira na área financeira. Criou o Private Equity EVM Empreendimentos. Foi CEO da Caloi por 13 anos. Desde 2016, dedica-se a soluções de mobilidade urbana por meio do Venture Capital Plano B. Em junho de 2017, cofundou a Yellow.

 

Ariel Lambrecht, Cofundador e responsável por produto

Trabalhou com SEO por quatro anos na sede europeia do Google, na Irlanda. Fundou o ebaH, rede social acadêmica com mais de 1 milhão de usuários ativos. Em 2012, junto com Renato Freitas, fundou a 99, primeira startup unicórnio brasileira.

 

Renato Freitas, Cofundador e responsável por tecnologia

Trabalha junto com Ariel desde 2006. Juntos criaram o ebaH e o PatentesOnline. Em 2012 fundou a 99.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo