• Chantal Brissac

Pedalando em família


Ele é superintendente de Recursos Humanos do Santander Brasil, responsável pela área de People Analytics, metodologia que ajuda a fundamentar, por meio da análise de dados, as decisões sobre a gestão dos funcionários. Vinicios Costa é um talentoso e bem-sucedido executivo de 37 anos, formado em administração e com MBA em Finanças, que vive entre reuniões com a cúpula do banco e seu time, atrás de soluções que tragam melhor desempenho e produtividade.


E até por isso – por priorizar a eficiência, a saúde financeira e a boa gestão do tempo – que Vinicios não poderia escolher outro modal que não fosse a bicicleta. É ela sua parceira para ir e voltar ao trabalho diariamente, transportar suas filhas e também nos momentos de lazer com a esposa e as crianças: Laura, de 5, e Luiza, de 3. “Sigo firme e forte com a bicicleta, até em dias de chuva e frio. As meninas não têm ido comigo porque as escolas delas não voltaram ainda. Mas a mais velha já começou a pedalar e ama. Acho importante ser um exemplo para elas no que tange à sustentabilidade, à saúde (por causa dos exercícios e da redução de stress) e ao orçamento familiar. A bicicleta é tudo isso e muito mais”, diz Vinicios.

Com as filhas Laura e Luiza, em foto de 2019; Vinicios adaptou a bike com cadeirinhas e cintos de segurança para levá-las diariamente à escola


Ele fala com empolgação e não é por acaso. A bike transformou sua vida. Há quatro anos, Vinicios morava distante do trabalho e demorava mais de uma hora no trânsito por trajeto. Um dia, sua filha, então com um ano de idade, passou mal na cadeirinha, a ponto de vomitar de stress durante o percurso de carro. “Deste dia em diante eu decidi mudar de um apartamento melhor para um pior, só que mais próximo para que pudesse levar minha filha de bicicleta para a escola, transformando um momento de stress em um divertimento. E foi incrível! Passávamos dentro da feira e brincávamos de quem ia achar primeiro determinada fruta, procurávamos carros amarelos etc. Além disso, passei a ser mais sustentável e fazer uma atividade física. O que foi ótimo financeiramente, para o planeta e para a minha saúde”.


Ele estava sedentário e acima do peso e ganhou energia, disposição e condicionamento físico, além de reduzir a zero a tensão e o cansaço.


Vinicios contou com a facilidade do lugar onde trabalha. A Torre Santander, no bairro paulistano da Vila Olimpia, tem bicicletário com 90 vagas e um super vestiário para os colaboradores, no qual os ciclistas têm kit para banho (com toalha, xampu e tudo mais), sala de alongamento e também encontram ferramentas de manutenção para suas bikes. Uma política de incentivo inteligente e fundamental nos dias de hoje, e que felizmente vem sendo praticada por mais empresas no país.

O bicicletário do Santander tem vagas para 90 bikes e conta com vestiário equipado com kits e toalhas


Ele é otimista e tem esperança de que a cidade de São Paulo se torne mais gentil, sustentável e saudável. “Precisamos ser o exemplo que queremos ver no mundo e culpar menos os outros. Respeitando a faixa de pedestres, não transitando em acostamentos, trocando carros por bicicleta. Acho que é um processo que está em curso. Notamos isso durante essa pandemia, com o aumento de ciclistas nas ciclovias, o que é um ótimo sinal. Acredito que poderemos entrar em 2021 com hábitos melhores e sustentáveis”.


Com a sua bicicleta, que ele chama de Sunny – “Não tinha contado o nome dela pra ninguém, mas quem gosta de andar de bike parece ter uma relação de carinho com este meio de transporte”, ele confessa, rindo – Vinicios se sente livre, forte e feliz. Nas viagens que costuma fazer para o litoral norte de São Paulo, a bike vai no hack do único carro da família, e lá é usada para passeios na areia e em vista a lagos e rios. “Continua sendo uma boa forma de respirar um ar e fazer exercícios, e obviamente com máscaras”.

A sua Sunny, na praia, um registro dos momentos felizes com a família


Além disso, pedalar em família é um jeito muito especial de estreitar laços com os filhos e aproveitar o tempo de forma saudável, ao ar livre, especialmente nos dias de hoje, em que as crianças ficam muitas horas diante de telas e celulares.


Vinicios Costa se lembra bem de como a bicicleta surgiu na sua vida. Era bem pequeno, ele se recorda. “Quando eu aprendi a tirar as rodinhas, meu pai comprou uma muito maior do que o meu tamanho para não ter que comprar outra na sequência. Temos ela até hoje!”, diz Vinicios, que ama também fotografar, cozinhar e aprender novas habilidades e idiomas.


Vida de Bike é uma parceria do Pro Coletivo e Bike Anjo

whatsapp.png
Posts Em Destaque