2017© PRO COLETIVO

Please reload

Posts Recentes

Por que é chique andar de metrô lá fora e aqui não?

October 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Os anjos que ajudam você a ir a pé para o trabalho

12/3/2017

 

Muita gente não sabe, mas a exemplo do Bike Anjo, organização que auxilia as pessoas a andar de bicicleta e montar seus trajetos na cidade, existe uma rede de voluntários que trabalha para que as pessoas naturalizem a caminhada em seu dia a dia, indo a pé para o trabalho e para a escola, entre outros compromissos cotidianos. É a Corrida Amiga, que nasceu em 2014 com esse nobre objetivo.

 

Depois de morar um ano na Europa, Silvia Stuchi Cruz, fundadora da Corrida Amiga, voltou ao Brasil e sentiu a urgência e a necessidade não só de utilizar os pés como meio de locomoção (como fazia lá), mas também de inspirar este estilo de vida às pessoas que convivem com os entraves cotidianos da mobilidade urbana.

 

Inspirados pelo Bike Anjo, ela e o empresário Renato Mello colocaram em prática a ideia de conectar corredores experientes a pessoas que desejam inserir a mobilidade a pé em seu dia a dia. Além dos enormes benefícios à saúde, a atividade colabora para reduzir problemas como trânsito excessivo, poluição sonora e ambiental, muito tempo perdido em pequenos deslocamentos e falta de tempo para atividades físicas.

 

São muitas vantagens, inclusive a economia financeira e a contribuição ao meio ambiente. É muito simples participar: só se inscrever pelo site (http://corridaamiga.org/participe/) e pedir um voluntário, que irá acompanhar você nos primeiros trajetos, compartilhar dicas de como caminhar e/ou correr na rua, vestuário mais adequado, truques para a higiene final, uso correto da mochila, e mostrar as melhores rotas para chegar ao seu destino.

 

E quem já é corredor ou caminhante pode também ser um "corredor amigo", auxiliando alguém a caminhar a pé para o seu trabalho.

 

Trata-se de uma iniciativa linda e transformadora, que vale a pena conhecer. Segundo Silvia Cruz, a Corrida Amiga vem se espalhando pelo Brasil e mobiliza mais de mil pessoas em quinze cidades diferentes do país. Em 2015, eles também se internacionalizaram, consolidando a iniciativa na Austrália.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo