2017© PRO COLETIVO

Please reload

Posts Recentes

Por que é chique andar de metrô lá fora e aqui não?

October 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Vambora andar!

16/4/2017

 

Não somos bípedes à toa. Os primeiros bípedes surgiram há cerca de 6 milhões de anos, e foi a postura ereta, com a cabeça erguida, que alavancou a nossa evolução. A possibilidade de ver melhor os inimigos e a capacidade de fabricar ferramentas com as mãos foram vantagens do Homo erectus, que já tinha o cérebro mais desenvolvido e um melhor raciocínio do que sua espécie anterior, o Homo habilis. 

 

Esse rápido retorno aos nossos primórdios se justifica para que a gente se dê conta da importância de estar em pé e andar. Muitas vezes, nessa vida em que ficamos horas e horas sentados, o ato de caminhar passa completamente despercebido. E ele é de enorme importância para a nossa saúde e, como vemos, foi de relevância irrefutável para a nossa evolução. Somos bípedes, portanto, precisamos estar em pé e andar! E são só benefícios, olhe só:

 

1. Andar fortifica o corpo como um todo, ajusta e regula o organismo e deixa a mente em constante equilíbrio.

 

2. Favorece as relações interpessoais. Andar com os filhos até a escola ou com os amigos na hora do almoço, entre outros exemplos, fortifica os vínculos e reenergiza os relacionamentos.

 

3. Não tem coisa melhor para "arejar as ideias" do que sair para andar a pé. Os antigos sabem disso e essa dica sábia se deve à sensação de bem-estar que a caminhada traz, decorrente dos neurotransmissores liberados durante a atividade: serotonina, noradrenalina, fenilalanina, dopaminas e endorfinas.  

 

4. Caminhar diariamente até o trabalho faz bem não só para a sua saúde (e a de sua cidade, porque não polui), como para o seu bolso.

 

5. É um "vício" do bem, que só traz coisas boas. Nossa mais recente entrevistada, a andarilha Sandra Kirillos Sauda, é um exemplo. Ela começou há quatro anos a caminhar, trocando o carro pelo tênis, e está com saúde, energizada e feliz da vida.

 

6. Você pode conhecer lugares incríveis caminhando (eles estão mais acessíveis) e pessoas também muito interessantes. O caminhante esquadrinha toda a cidade passo por passo, pé ante pé. Ele nota mais a natureza, a arquitetura, as belezas e as novidades da metrópole do que se estivesse dentro de um carro.

 

7. E você pode andar - e pegar gosto por essa atividade - com a ajuda de pessoas. Já falamos aqui, mas não custa frisar: a Corrida Amiga é uma rede de voluntários que auxilia as pessoas a se deslocar a pé nas cidades. Você pode se inscrever pelo site e pedir um voluntário, que irá acompanhá-lo nos primeiros trajetos, compartilhar dicas de como caminhar e/ou correr na rua, vestuário mais adequado, truques para a higiene final, uso correto da mochila, e mostrar as melhores rotas para chegar ao seu destino.


8. Caminhar torna você mais engajado com o seu bairro e a sua cidade. E isso é bom para a coletividade: é muito mais gente percebendo as qualidades e os defeitos do espaço à sua volta, e levando isso à esfera pública.

 

9. Nem falei das calorias queimadas e da cabeça tranquila e sem o estresse de estar preso em congestionamentos...

 

10. Finalmente, o vídeo de cima, da organização COMO ANDA, mostra o cenário da mobilidade a pé no Brasil. Eles têm uma pesquisa recente que mapeia as organizações e os grupos que trabalham pelos pedestres de todo o país. Vambora andar!!!!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo